.

.

PAZ MUNDIAL

PAZ MUNDIAL
TODO O PLANETA NECESSITA DA PURA PAZ

C O N V I T E

Convido você querido(a) navegador(a) a visitar um outro altar virtual,

porém encantado, cheio de paz e luz, ao sair que um querubim o(a) acompanhe.

ORAÇÕES & INVOCAÇÕES da CEIÇA

http://oracoeseinvocacoescelestiais.blogspot.com

E se tiver apreciação pela Cultura Cigana, siga o link abaixo:


http://ceicaciganinha.blogspot.com

Com os braços abertos te espero para abraçar teu coração.

Desde já aguardo teu regresso a ambos, seja bem-vindo e fique muito a vontade.

Obrigada.
NAMASTÊ!
C E I Ç A

SEREIA

DANÇA DO VENTRE

ELEVAÇÃO ILUMINADA

ELEVAÇÃO ILUMINADA

MAPA de VISITAS

Passe o mouse no Flash para saber na íntegra de onde é o visitante no momento. Apesar de várias marcações terem desaparecido desde a data que inseri o devido mapa (20/maio/10). Todos sabemos que nada funciona 100%, mas p/mim até o momento este é o mais eficiente. Seja bem-vindo(a) - obrigada pela presença no meu Altar Virtual. Volte sempre. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . OBS.: A cada dia que passa somem + e + marcações de visitas, fui obrigada a lembrar-me do site Netlog agora, rsrsrs (20.06.10). Mas o que é isto ??? o mapa está ficando vazio, como pode ??? Não se pode elogiar. (23.06.10) Cruuuuzes !!! De 29 marcações p/os United States só restam 02, e outras mais se perderam. rsrsrs (30.06.10) OBS.: Pelo que já pude observar, "nenhum mapa é 100%" (uma pena).

Seguidores

A BRUXA

A BRUXA
A BRUXA

ANJA AZUL

ANJA AZUL

SLIDE dos MESTRES ASCENSIONADOS

HISTÓRIA e ORAÇÃO de SÃO JORGE

Salve SÃO JORGE Patacory OGUMNHÊ

domingo, 24 de abril de 2011

343 - CRISTAL LÍQUIDO

CRISTAIS DE ÁGUA




"Mensagem" dos CRISTAIS DE ÁGUA: Cientificamente NÃO Comprovado

Um pesquisador japonês, Dr. Masaru Emoto, afirma ter provado que pensamentos e sentimentos interferem na realidade física. Ele diz que a estrutura cristalina da água é afetada pela “energia de vibração” de pensamentos, atos, e até mesmo de palavras e músicas [1,2].

Segundo Kardec (em nota de rodapé relativa à resposta dos espíritos à questão número 33 de O Livro dos Espíritos [3]), uma ação magnética dirigida pela vontade faz com que uma determinada porção de água se torne fluidificada. Nesse processo, a água adquire propriedades diferentes das que possui em seu estado normal, chegando ao ponto de servir como medicamento no tratamento de várias enfermidades. Portanto, não está em questão a nossa certeza, como espíritas, de que a água absorve os fluidos espirituais ambientes ou direcionados a ela. Questionamos a afirmativa de que “o fenômeno de absorção de fluidos pela água foi provado cientificamente”. Isso não corresponde à verdade conforme veremos adiante. Os seus defensores baseiam-se no trabalho de pesquisa do Dr. Masaru Emoto [1] que tem chamado a atenção de muitos irmãos nossos, no movimento espírita, chegando a ter destaque na “homepage” de grupos espíritas de grande prestígio.

Segundo Emoto [1], ao emitirmos pensamentos e sentimentos para uma amostra de água; ao submetermos uma porção de água a um tipo de vibração sonora ou música; ou, ainda, se uma etiqueta com uma determinada palavra for colada num frasco contendo água, então ela absorverá um tipo de “energia” associada ao valor, moral, do pensamento, som ou palavra que foi submetida a ela. Isso seria verificado através do processo de cristalização onde as moléculas de água, ao passarem do estado líquido para o estado sólido, formam estruturas tridimensionais bem definidas, como na formação dos minúsculos flocos de neve. Assim, amostras submetidas a pensamentos, sons ou palavras harmoniosas, formam figuras cristalinas simétricas e muito bonitas (veja “homepage” da referência [2]). Em caso contrário, obtém-se formas amorfas, sem nenhuma regularidade, possuindo um aspecto desagradável ao olhar [2].

Não somos nós os únicos a questionar a cientificidade dessa pesquisa. Citamos uma referência que critica esse resultados. Se trata de uma “homepage” intitulada “Lendas e Pseudociência” [4]. Os seus autores afirmam que “os experimentos do Dr. Emoto não tem respaldo na ciência nem na racionalidade, mas no misticismo. Eles pertencem àquilo que se chama de pseudociência ou não-ciência.” Em outras palavras, isso quer dizer que a pesquisa do Dr. Emoto não satisfaz os caracteres de universalidade e reprodutibilidade comuns aos fenômenos científicos. Além disso, eles alertam que algumas pessoas, mal informadas, podem ser induzidas a “rotular, com palavras amáveis, água de má qualidade e passar a usá-la na cozinha, para beber ...”

[4]. Apesar do Dr. Emoto não sugerir essa aplicação, não há como garantir que isso não possa ocorrer.

Para que não fique dúvida sobre a precipitação em considerar cientificamente divulgado e comprovado os resultados do Dr. Emoto, enviamos-lhe um e-mail perguntando se foi publicado algum artigo científico, sobre o assunto, em revista científica internacional. Sua secretária respondeu ao nosso e-mail de forma muito amável e respeitosa, concordando sobre a importância de uma publicação realmente científica e afirmou que, de fato, o Dr. Emoto ainda não houvera feito uma tal publicação. Por essa razão, não podemos considerar que os resultados sobre a relação entre os cristais de água e os sentimentos e pensamentos foram comprovados cientificamente.

De modo a esclarecer o leitor leigo em ciência, uma pesquisa que envolva assunto ligado a qualquer disciplina científica só pode ser considerada como cientificamente comprovada quando a comunidade científica tiver reproduzido a experiência, obtendo os mesmos resultados, e analisado, de forma crítica, todos os métodos e argumentos utilizados. Para isso, tais resultados precisam ser publicados nos periódicos científicos para que a comunidade científica tome conhecimento deles e possa lê-los, avaliá-los e reproduzí-los, de acordo com o método científico. Além disso, antes de ser publicado em uma revista científica, um artigo passa pela análise de um parecerista que faz uma primeira análise crítica. É por essa razão que uma publicação em revista científica é considerada um verdadeiro primeiro passo para obter-se uma comprovação científica de qualquer pesquisa*.

Uma outra ordem de argumentos cabe aqui. Podemos e devemos aplicar o critério do bom-senso aos resultados das pesquisas sobre a água. Sabemos, como espíritas, que a água absorve fluidos espirituais. Mas como uma palavra, escrita em um rótulo, transferiria fluidos para a água dentro do frasco? Imaginem o seguinte exemplo: considere a palavra MORTE. Para alguns ela é algo terrível, que produz sentimentos de medo, insufla idéias de horror, etc.

Em certas culturas, porém, a palavra MORTE tem outro significado. Ela significa libertação, volta para “casa” e, de fato, com o Espiritismo, entendemos que a morte é a libertação do Espírito dos laços materiais; a morte é o retorno à Pátria Espiritual; o reencontro com os entes queridos.

Considere, também, o exemplo do nome HITLER(utilizado por Emoto [1]). Para a maioria das pessoas, esse nome lembra os atos terríveis praticados contra seres humanos. Porém, existem várias pessoas, hoje, que têm a palavra Hitler como nome ou sobrenome e, nem por isso, elas são ruins. Neste ponto, vemos que está ocorrendo uma inversão de valores: a forma está sendo tomada pelo fundo; o efeito pela causa. Isto pois, as características de uma pessoa não são determinadas pelo nome que ela recebe ao nascer e, sim, pelas virtudes e imperfeições que o seu Espírito tenha, isto é, seu estado evolutivo. Assim, é bem possível que exista uma pessoa de nome Hitler que seja bondosa, amada e querida por familiares e amigos. Portanto, o nome HITLER escrito no rótulo de uma amostra de água não terá efeito sobre a sua cristalização porque esse conjunto de letras não tem valor se uma mente não lê-las. Uma “vibração” só existirá quando uma pessoa interpretar a palavra e “vibrar” de acordo com os sentimentos dessa interpretação. Se a mãe de um jovem chamado Hitler ler o nome HITLER, não há dúvidas de que ela vai vibrar amor. Assim, a conclusão de que uma palavra estampada num rótulo tem o poder de influenciar as moléculas de água é ilógica segundo os princípios espíritas e isso pode ser usado pela crítica.

Em conclusão, a afirmativa de que os sentimentos e pensamentos (“vibrações”) afetam a estrutura cristalina da água não pode ser considerada como cientificamente comprovada a partir, apenas, dos livros do Dr. Emoto. Isso não significa que a água não possa absorver fluidos espirituais. Apenas não se pode considerar que a Ciência comprovou o fenômeno. O movimento espírita deve, portanto, receber essas notícias com bastante prevenção e prudência. Respeitamos essas pesquisas e quem as divulga mas aguardamos maiores comprovações antes de sairmos por aí anunciando os seus resultados. Quanto ao Dr. Masaru Emoto, respeitamos seus nobres objetivos, principalmente na área ecológica, em luta pela preservação da água potável no planeta. Porém, suas pesquisas precisam ser publicadas em revistas científicas para que elas possam ser discutidas e reproduzidas pelos cientistas do mundo inteiro e para que elas possam receber o respeito científico que elas merecem.

Uma ressalva deve ser feita. Existem outras pesquisas sobre os efeitos da fluidificação da água sendo realizadas tanto no Brasil quanto no exterior. Porém não temos notícias de publicações em revistas científicas internacionais e indexadas. Existem divulgações em “homepages”, como o artigo da referência [5], que, infelizmente, apesar de apresentar uma interessante metodologia, não pode ser considerado como científicamente comprovado, pelas mesmas razões acima expostas. Porém, pretendemos fazer uma pesquisa mais ampla na literatura espírita e espiritualista em busca de mais referências.

Por outro lado, existem pesquisas puramente materiais muito interessantes sobre a água [6]. Quem quer que deseje buscar comprovações científicas para os efeitos fluidicos e espirituais sobre a água deve levar em conta os trabalhos de pesquisa como os das referências [5,6] como fonte de informação e sugestão de modelo de trabalho.

Nunca é demais repetir as palavras do espírito de Erasto (Revista Espírita [7]): é preferível “rejeitar 10 verdades do que aceitar uma só mentira”. Notem que é muito mais difícil corrigir uma mentira depois de aceita do que vir a aceitar uma verdade previamente negada.

PUBLICADO NO JORNAL ALAVANCA 489 DE JANEIRO DE 2004, PÁGINA 3.

Referências
[1] M. Emoto, The Message from Water, Vol. I, Ed. Hado Kyoiku Sha, (1999).

[2] http://www.hado.net e http://thank-water.net

[3] A. Kardec, O Livro dos Espíritos, FEB, 76a. Edição (1995).

[4] http://www.quatrocantos.com/lendas/132_mensagem_agua.htm

[5] M. M. C. Oliveira e J. B. Filho, http://members.tripod.com/bioenergia0/agua01.htm

[6] M. E. G. Porto, Dissertação de Mestrado, UNICAMP, (1998).

[7] A. Kardec, Revista Espírita 8, p.257, (1861).

Alexandre Fontes da Fonseca

afonseca@if.usp.br

Instituto de Física da Universidade de São Paulo, São Paulo, S.P.
http://www.espirito.org.br/portal/artigos/diversos/ciencia/mensagem-dos-cristais.html

FONTE:
http://medicinadaalma.blogspot.com




CEIÇA DA HUMANIDADE & ANJOS
Taróloga e Terapeuta Holística


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...