.

.

PAZ MUNDIAL

PAZ MUNDIAL
TODO O PLANETA NECESSITA DA PURA PAZ

C O N V I T E

Convido você querido(a) navegador(a) a visitar um outro altar virtual,

porém encantado, cheio de paz e luz, ao sair que um querubim o(a) acompanhe.

ORAÇÕES & INVOCAÇÕES da CEIÇA

http://oracoeseinvocacoescelestiais.blogspot.com

E se tiver apreciação pela Cultura Cigana, siga o link abaixo:


http://ceicaciganinha.blogspot.com

Com os braços abertos te espero para abraçar teu coração.

Desde já aguardo teu regresso a ambos, seja bem-vindo e fique muito a vontade.

Obrigada.
NAMASTÊ!
C E I Ç A

SEREIA

DANÇA DO VENTRE

ELEVAÇÃO ILUMINADA

ELEVAÇÃO ILUMINADA

MAPA de VISITAS

Passe o mouse no Flash para saber na íntegra de onde é o visitante no momento. Apesar de várias marcações terem desaparecido desde a data que inseri o devido mapa (20/maio/10). Todos sabemos que nada funciona 100%, mas p/mim até o momento este é o mais eficiente. Seja bem-vindo(a) - obrigada pela presença no meu Altar Virtual. Volte sempre. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . OBS.: A cada dia que passa somem + e + marcações de visitas, fui obrigada a lembrar-me do site Netlog agora, rsrsrs (20.06.10). Mas o que é isto ??? o mapa está ficando vazio, como pode ??? Não se pode elogiar. (23.06.10) Cruuuuzes !!! De 29 marcações p/os United States só restam 02, e outras mais se perderam. rsrsrs (30.06.10) OBS.: Pelo que já pude observar, "nenhum mapa é 100%" (uma pena).

Seguidores

A BRUXA

A BRUXA
A BRUXA

ANJA AZUL

ANJA AZUL

SLIDE dos MESTRES ASCENSIONADOS

HISTÓRIA e ORAÇÃO de SÃO JORGE

Salve SÃO JORGE Patacory OGUMNHÊ

domingo, 6 de janeiro de 2013

616 - 06/JANEIRO (Dia de REIS e Dia do ODÚ OBARÁ)

Dia de Reis 06/janeiro

O Dia de Reis, segundo a tradição cristã, seria aquele em que Jesus Cristo recém-nascido recebera a visita de "alguns magos do Oriente" que, segundo o hagiológio, foram três Reis Magos, e que ocorrera no dia 6 de janeiro. A noite do dia 5 de janeiro e madrugada do dia 6 é conhecida como "Noite de Reis".

Histórico

A data marca, para os católicos, o dia para a veneração aos Reis Magos, que a tradição surgida no século VIII converteu nos santos Belchior, Gaspar e Baltazar. Nesta data, ainda, encerram-se para os católicos os festejos natalícios - sendo o dia em que são desarmados os presépios e por conseguinte são retirados todos os enfeites natalícios.

Tradições

Em alguns países, como Espanha, é estimulada entre as crianças a tradição de se deixar sapatos na janela com capim (erva) antes de dormir para que os camelos dos Reis Magos possam se alimentar e retomar viagem. Em troca os Reis magos deixariam doces que as crianças encontram no lugar do capim após acordar. A tradição também consiste em comer Bolo-Rei, no interior do qual se encontra uma fava e um brinde escondidos. A pessoa que encontra a fava deve "pagar" o Bolo-Rei no ano seguinte.
Na França (agora também noutros países  come-se "Galette des rois" onde também encontram um brinde no seu interior, a galette também costuma trazer uma coroa, quem encontrar o brinde será rei e será coroado.
Em Portugal e também em outros países as pessoas que moram em pequenas terras costumam ir cantar os reis de porta em porta, as pessoas dão-lhes doces, salgados etc...
No Brasil esta tradição é comemorada com festas onde são servidos doces e comidas típicas das regiões. Há ainda festivais com Companhias de Reis (grupo de músicos e dançarinos) que cantam músicas referentes ao evento.

Presentes


Como se pretendia dizer que representavam os reis de todo o mundo, representando as três raças humanas existentes, em idades diferentes, Melquior entregou-Lhe ouro em reconhecimento da realeza; Gaspar, incenso em reconhecimento da divindade; e Baltasar, mirra em reconhecimento da humanidade.  

Melchior ou Belchior partiu da região que hoje é a Europa (terra dos caldeus), levando ouro ao Messias, rei dos reis. O ouro simbolizava a nobreza e representava a realeza do menino Jesus. 

O presente do rei Gaspar, que partiu da Índia, foi o incenso, como alusão ao caráter divino do menino Jesus. Ainda segundo a tradição cristã, o incenso simboliza a fé e a fumaça do incenso queimando nos templos representava as orações subindo a Deus. 

O Rei Mago Baltazar saiu da África possivelmente do Reino de Sabá (terra misteriosa que seria o sul da Península Arábica, terra também conhecida pelos etíopes como Abissínia),  levando para o menino mirra, um presente comumente ofertado a profetas. A mirra é um arbusto do continente africano, onde é extraída uma resina para preparação de medicamentos. A palavra mirra significa "amargo" em hebraico, e para muitos remete ao sofrimento e morte que esperavam por Jesus. Para outros, representa a imortalidade de Cristo. 

Quanto a seus nomes, Gaspar significa “Aquele que vai inspecionar”, Melquior quer dizer: “Meu Rei é Luz”, e Baltasar se traduz por “Deus manifesta o Rei”. 

No dia de Reis os devotos fazem simpatias com a finalidade de atrair prosperidade. A romã é símbolo de abundância, de acordo tradição judaica, também representando a fertilidade, pois a fruta lembra um ovário e suas sementes, os óvulos. 

Assim como a Estrela guiou os Reis Magos até Jesus, a fé deve nos levar até Ele todos os momentos da vida, para que esta tenha sentido. Que a Estrela da fé – assim como a Estrela de Belém guiou os 3 Reis Magos -  nos guie, a cada um de nós até nosso Amado Mestre Jesus, a Luz do Mundo, o Caminho, a Verdade e a Vida. 


De acordo com a Grande Fraternidade Branca Mestre El Morya foi o Rei Mago Melchior, Mestre Kuthumi foi o Rei Mago Baltasar e Mestre Djwhal Khul o Rei Mago Gaspar.
Por esses dados já imaginamos o tamanho da missão de luz desses amorosos Mestres, que vem desde os tempos remotos, muito antes do Amoroso Mestre Jesus, lutando por esse planeta.


O número três tão necessário para os ensinamentos, corresponde aos três reis magos, na figura de três mestres Ascensionados que de acordo com a Lei são: 
1 - Melchior, o Mestre Ascenso El Morya Khan , a chama azul, o Poder e a Vontade de Deus através dos seus ensinamentos, a hora doze, onde encontramos eixo do chacra da coroa, o ouro dos magos, a dimensão da realeza do Cristo, o Corpo, o Buda, o remédio para as trinta e duas feridas que irão se tornar curadas como marcas a exibir a todos que se queiram curar, etc...
2 - Baltazar, o Mestre Ascenso Kuthumi, a chama amarela, a sabedoria do ensinamento de Deus em ação, a hora dois, onde encontramos eixo do chacra do plexo solar, o incenso dos magos, a dimensão da divindade do Cristo, a Fala do Buda em ação, através dos seu ensinamentos, o Dharma, etc...
3 - Gaspar, o Mestre Ascenso Djwhal Khul, a chama rosa, o amor do ensinamento de Deus em ação, agora doado aos outros vistos como Fraternos ou irmãos que se querem curar de todas as sua feridas ou chagas, a hora um, onde encontramos o eixo do chacra da Alma, a mirra dos magos, a dimensão da humanidade do Cristo, a Mente do Buda em ação, através dos seu ensinamentos a todos, a Sangha, etc... 

Mais uma representação da Chama Trina, (os três primeiros raios, os três reis magos, azul - poder/fé, amarelo- sabedoria/iluminação , rosa - amor) mostrando-nos que devemos tê-la ativa em nossos corações.

Vamos ancorar a Chama Trina no dia de hoje, expandí-la para nosso lar, familiares e para o planeta.


Namastê!

Visite nossa loja:

www.templodeluxor.com.br
DIA DE REIS - 06/JANEIRO

O Dia de Reis, segundo a tradição cristã, seria aquele em que Jesus Cristo recém-nascido recebera a visita de "alguns magos do Oriente" que, segundo o hagiológio, foram três Reis Magos, e que ocorrera no dia 6 de janeiro. A noite do dia 5 de janeiro e madrugada do dia 6 é conhecida como "NOITE DE REIS".

HISTÓRICO

A data marca, para os católicos, o dia para a veneração aos Reis Magos, que a tradição surgida no século VIII converteu nos santos BELCHIOR, GASPAR e BALTAZAR. Nesta data, ainda, encerram-se para os católicos os festejos natalícios - sendo o dia em que são desarmados os presépios e por conseguinte são retirados todos os enfeites natalícios.

TRADIÇÕES

Em alguns países, como Espanha, é estimulada entre as crianças a tradição de se deixar sapatos na janela com capim (erva) antes de dormir para que os camelos dos Reis Magos possam se alimentar e retomar viagem. Em troca os Reis magos deixariam doces que as crianças encontram no lugar do capim após acordar. A tradição também consiste em comer Bolo-Rei, no interior do qual se encontra uma fava e um brinde escondidos. A pessoa que encontra a fava deve "pagar" o Bolo-Rei no ano seguinte.
Na França (agora também noutros países come-se "Galette des rois" onde também encontram um brinde no seu interior, a galette também costuma trazer uma coroa, quem encontrar o brinde será rei e será coroado.
Em Portugal e também em outros países as pessoas que moram em pequenas terras costumam ir cantar os reis de porta em porta, as pessoas dão-lhes doces, salgados etc...
No Brasil esta tradição é comemorada com festas onde são servidos doces e comidas típicas das regiões. Há ainda festivais com Companhias de Reis (grupo de músicos e dançarinos) que cantam músicas referentes ao evento.

PRESENTES

Como se pretendia dizer que representavam os reis de todo o mundo, representando as três raças humanas existentes, em idades diferentes, MELQUIOR entregou-Lhe ouro em reconhecimento da realeza; GASPAR, incenso em reconhecimento da divindade; e BALTASAR, mirra em reconhecimento da humanidade.

MELCHIOR ou BELCHIOR partiu da região que hoje é a Europa (terra dos caldeus), levando ouro ao Messias, rei dos reis. O ouro simbolizava a nobreza e representava a realeza do menino Jesus.

O presente do rei GASPAR que partiu da Índia, foi o incenso, como alusão ao caráter divino do menino Jesus. Ainda segundo a tradição cristã, o incenso simboliza a fé e a fumaça do incenso queimando nos templos representava as orações subindo a Deus.

O Rei Mago BALTAZAR saiu da África possivelmente do Reino de Sabá (terra misteriosa que seria o sul da Península Arábica, terra também conhecida pelos etíopes como Abissínia), levando para o menino mirra, um presente comumente ofertado a profetas. A mirra é um arbusto do continente africano, onde é extraída uma resina para preparação de medicamentos. A palavra mirra significa "amargo" em hebraico, e para muitos remete ao sofrimento e morte que esperavam por Jesus. Para outros, representa a imortalidade de Cristo.

Quanto a seus nomes, GASPAR significa “Aquele que vai inspecionar”, MELQUIOR quer dizer: “Meu Rei é Luz”, e BALTASAR se traduz por “Deus manifesta o Rei”.

No dia de REIS os devotos fazem simpatias com a finalidade de atrair prosperidade. A romã é símbolo de abundância, de acordo tradição judaica, também representando a fertilidade, pois a fruta lembra um ovário e suas sementes, os óvulos.

Assim como a Estrela guiou os Reis Magos até Jesus, a fé deve nos levar até Ele todos os momentos da vida, para que esta tenha sentido. Que a Estrela da fé – assim como a Estrela de Belém guiou os 3 Reis Magos - nos guie, a cada um de nós até nosso Amado Mestre Jesus, a Luz do Mundo, o Caminho, a Verdade e a Vida.


De acordo com a Grande Fraternidade Branca Mestre EL MORYA foi o Rei Mago MELQUIOR, Mestre KUTHUMI foi o Rei Mago BALTASAR e Mestre DJWHAL KHUL o Rei Mago GASPAR.
Por esses dados já imaginamos o tamanho da missão de luz desses amorosos Mestres, que vem desde os tempos remotos, muito antes do Amoroso Mestre Jesus, lutando por esse planeta.


O número três tão necessário para os ensinamentos, corresponde aos três reis magos, na figura de três mestres Ascensionados que de acordo com a Lei são:
1 - MELQUIOR o Mestre Ascenso EL MORYA KHAN , a chama azul, o Poder e a Vontade de Deus através dos seus ensinamentos, a hora doze, onde encontramos eixo do chacra da coroa, o ouro dos magos, a dimensão da realeza do Cristo, o Corpo, o Buda, o remédio para as trinta e duas feridas que irão se tornar curadas como marcas a exibir a todos que se queiram curar, etc...
2 - BALTAZAE, o Mestre Ascenso KUTHUMI, a chama amarela, a sabedoria do ensinamento de Deus em ação, a hora dois, onde encontramos eixo do chacra do plexo solar, o incenso dos magos, a dimensão da divindade do Cristo, a Fala do Buda em ação, através dos seu ensinamentos, o Dharma, etc...
3 - GASPAR, o Mestre Ascenso DJWHAL KHUL, a chama rosa, o amor do ensinamento de Deus em ação, agora doado aos outros vistos como Fraternos ou irmãos que se querem curar de todas as sua feridas ou chagas, a hora um, onde encontramos o eixo do chacra da Alma, a mirra dos magos, a dimensão da humanidade do Cristo, a Mente do Buda em ação, através dos seu ensinamentos a todos, a Sangha, etc...

Mais uma representação da Chama Trina, (os três primeiros raios, os três reis magos, azul - poder/fé, amarelo- sabedoria/iluminação , rosa - amor) mostrando-nos que devemos tê-la ativa em nossos corações.

Vamos ancorar a Chama Trina no dia de hoje, expandí-la para nosso lar, familiares e para o planeta.


Namastê!

FONTE:
www.templodeluxor.com.br
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...